BIOGRAFIA

A dupla JOÃO LUCAS & MATHEUS, novo expoente do sertanejo nacional, é de Ribeirão Preto, São Paulo. O nome de batismo, Mário Lucas Budoia e Matheus Aparecido Budoia.

Em 1991, os irmãos com 12 e 9 anos, fãs de Milionário e José Rico, João Paulo e Daniel e Zezé Di Camargo e Luciano, decidiram se inscrever num concurso de músicas sertanejas da cidade. Em sua primeira incursão musical, a dupla não fez feio, ficou na final, mas não ganhou. Foi então que seus pais Mário e dona Maria Goreti resolveram dar o primeiro violão para os filhos.

Chegou a adolescência, a maior idade e a necessidade de ajudarem nas despesas. João Lucas virou vendedor de celular, Matheus, técnico consertando os aparelhos com problemas, na mesma loja. Mas a música, não ficou de lado.

Ingressaram na faculdade de Administração, quando também com um violão e teclado, levavam suas músicas pra eventos, festas, formaturas e por onde pudessem. A frequência dessas apresentações acabou os afastando das aulas. Foi quando decidiram dar um tempo na vida acadêmica e correr atrás de seus caminhos, a música sertaneja.

Antes de oficializarem o nome atual tentaram criar alguns grupos e bandas, como Aconchego e West Banda, mas o destino queria mesmo os Budoias em dupla.

Em 2012 oficializam o nome JOÃO LUCAS & MATHEUS. Se apresentavam na Água Doce Cachaçaria, local que abriu portas para outros shows e onde fizeram muitos amigos. Ainda neste ano gravam o single, "Festa no Iate", com a participação do cantor LATINO. Este single se juntou a mais outras cinco faixas num CD promocional de divulgação. Daí pra frente, não parou mais. A dupla começou a marcar presença nos maiores eventos do interior de São Paulo como, o Rodeio de Jaguariúna, Festa do Peão de Barretos (no maior trio elétrico do planeta "Dragão"), Ribeirão Rodeio Music, Carnabeirão, Entorta Bixo, Interunesp, Ribeirão Skol Folia, entre outros.

Em 2013 a dupla é convidada para comandar o primeiro bloco sertanejo do carnaval carioca, o "CHORA ME LIGA", em plena praia de Copacabana, com um público superior a 500 mil pessoas e se apresentam pela primeira vez no Programa Encontro, sendo um bate papo animado com muita música pelo Marcos Veras pela Rede Globo de Televisão.

No início de 2014 lançam mais um CD, com destaque para a música "Te Esquecer Demora" (participação de Zé Henrique & Gabriel), sucesso em diversas rádios pelo interior do país. Retornam à capital fluminense para puxar mais uma vez o bloco sertanejo em plena folia momesca, só que desta vez, em São Conrado.

Em 2015, voltam ao carnaval do Rio, logo após lançam a música "CUPIDO", com destaque nas rádios do Brasil.

O ano de 2016 começa e a dupla participa ao lado de Marcus e Belutti, mais uma vez do Programa Encontro com Fátima Bernardes, só que desta vez no estúdio cantando ao vivo e falando do bloco, um dos maiores sucessos do carnaval, com mais de 1 milhão pessoas seguindo!

João Lucas & Matheus lançou em 2016 o CD “O MAIS SOLTEIRO DO BRASIL”, que conta com 12 faixas e com clipes de todas elas. O projeto tem a parceria de Pezinho, que assina a produção musical. O produtor é responsável por sucessos de nomes comoThiaguinho, com "Buquê de Flores" (Prêmio Multi Show 2013) e "Ousadia e Alegria"; Turma do Pagode, nos sucessos "Toma Jeito Coração", "A Gente Tem Tudo a Ver", entre muitas outras; Arlindo Cruz, com "Além do Meu Querer" e "Chegamos ao Fim", além de Péricles, Belo e outros artistas.

No final de 2016 assinamos contrato com a SONY MUSIC que fez o lançamento de nosso Album em várias plataformas Digitais e ainda postou pelo YouTube no canal VEVO nosso 12 clipes.

Já estamos preparados para 2017, que é um ano de consagração e que vai fazer todo o Brasil conhecer a “DUPLA QUE ARRASTA MULTIDÕES” no carnaval carioca, com o BLOCO CHORA ME LIGA o maior Bloco Sertanejo do Mundo.

A cada dia uma vitória, uma conquista e assim vamos mostrando por todo o Brasil o nosso trabalho que leva alegria e muita diversão.

Só temos que agradecer a Deus pelas oportunidades e assim venceremos mais e mais etapas em nossas vidas.

Para esses irmãos, a música não tem fronteiras. A canção é para alegrar, elevar a alma, sorrir e até chorar.

"Nossa música é sertaneja, mas, antes de qualquer ritmo, é brasileira, o que nos permite passear por este Brasil do samba, do forró, do funk e por qualquer que seja o ritmo, simplesmente pela música que é popular", diz João Lucas.

"A canção nos eleva, nos dá a chance de levar alegria, reflexões, lembrar de amores, situações, ou apenas por pura diversão. Só importa que seja boa", declara Matheus.

SIGA NO
INSTAGRAM

@joaolucasematheus

João Lucas e Matheus © 2017 Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Chilliweb